Testemunho - Mónica (Vicente, Samuel, Santiago)

Tenho 3 filhotes lindos, mas todos com historias diferentes em relação à amamentação.

O meu Vicente era um bebé muito pequenino, cabia na mãozorra do pai... iniciei a amamentação toda orgulhosa e feliz da vida, mas ele chorava muito e não aumentava quase nada de peso ao quando o pediatra me disse que o meu leite não era suficiente...
Fiquei arrasada, senti me muito mal como mãe, ainda mais era o primeiro, partilhei o meu peito com o biberão até aos 4 meses.

O Samuel era um bebé calminho, comia de 4 em 4 horas e dormia a noite toda, tudo corria bem até que por voltas de 1 mês de idade abriu o bico do peito ao meio, tentava suportar as dores horríveis, ele engolia sangue, até que desisti sem nunca procurar a ajuda correcta mais uma vez, e acreditem bem me arrependi, pois com o leite artificial ele comia de 3 em 3 horas de dia e de noite e hoje em dia é o mais esquisito com a comida.

E por fim chegámos ao Santiago, em que sempre fui muito decidida e desta vez tinha de conseguir, fui à pediatra quando ele nasceu e ela disse me, que ele teria de engordar entre 100 a 150 gramas... tudo certo lá fui eu pesa-lo ao centro de saúde e eis que fiquei super feliz, pois engordara 210 gramas, ao ligar à pediatra ficámos ambas satisfeitas, pois segundo ela chegava e sobrava a maminha...
Na consulta de 1 mes, tudo mudou... pois apesar de estar a engordar sempre à volta das 200 gramas o percentil dele estava no 10 em relação ao peso e a pediatra quis dar o suplemento, ao que respondi que ainda não... Então viemos para casa com prazo para subir o percentil... mais uma vez fiquei de rastos não ia conseguir de novo, não podia desistir e lembrei me de procurar ajuda no meu centro de saúde...

Foram fantásticas connosco, incentivaram me a não desistir só por causa do percentil e disseram me para te-lo ao peito o tempo que ele deseja-se e as vezes que precisa-se, e assim fiz o Santiago teve imensas crises de crescimento, pelo que por volta dos 2 meses e meio acalmou e já só pedia mama para comer e dormir, por vezes gosta de ficar a beber o leite do fim (o leite que engorda), dou toda a maminha que ele precisa e esqueci os comentários, que por falta de experiência vêem da família e um coisa é certa agora todos dizem que se nota que é um bebé feliz e muito desenvolvido, e é só isso que como mãe me importa! É verdade na consulta dos 2 meses já estava no percentil acima...

Não desistam se a vossa vontade é de dar de mamar ao peito, rodeiem-se de pessoas que vos apoiem não só mentalmente, mas também de pessoas que vos ajudem na lida da casa para que o vosso bebé possa crescer feliz e saudável, muita força e beijinhos:

4 comentários:

BABS disse...

Obrigada pelo testemunho... :)

Acreditamos que a mensagem que nos deixa é muito importante...
Quem quer ser feliz deve rodear-se de pessoas que transmitam felicidade... e assim é também com a amamentação...
Rodear-se de quem apoia, de quem não critica... Porque quem gosta realmente de nós, e confia na nossa capacidade de gerar e nutrir um filho, merece estar ao nosso lado... não é?

Bjinhos
BABS

Diogo & Pedro Ribeiro disse...

ola tripla mama
muitos parabens pelos nenukos
deve ter sido horrivel kando o bico s abriu....
espero k continues a mamar sempre k vcs desejarem- so ambos e sabem ate kando deve d durar a amammentaçao.
por vezes e complicado ouvirmos este ou akele comentario....mas eskece e d "dor d coto".
bem hajam
bjk fofos
lia, didi & pepe 6m + 4 semanas

APPM disse...

Obrigado, Monica, pelo seu testemunho! Uma frase que gosto muito de dizer é "Quando nasce um bebé, nasce uma mãe, e ambos vamos crescendo e aprendendo ao longo do tempo!", acho que foste aprendendo com os teus filhos, e à terceira conseguiste realizar o teu desejo!
PARABÉNS e continuação de uma excelente amamentação!!!

Mónica disse...

É bem verdade, dar de mamar é um acto de amor!
Infelizmente tenho uma familia grande, mas nenhum bébé mamou maus de 3 meses...acho que existe uma grande falta de conhecimentos e uma grande parte da culpa é dos pediatras...como é possivel...enfim esperemos que este movimento ganhe força e mais mães sejam bem esclarecidas.Beijos e muita força, para quem quiser saber o Santiago ainda mama tem quase 6 meses e é um bébé só de maminha!

Pesquisar no Blog

Contador de Visitas no Blog

Free Counters
Free Counter